9 de nov de 2011

Aprenda a combinar sem medo de errar



1 - Primeiro, escolha uma tonalidade básica de sua preferência, mas que também esteja de acordo com o propósito do aposento. Essa tonalidade será, então, usada para paredes, tapetes e cortinas, e pode variar na intensidade.

2 - Móveis e acessórios serão de uma tonalidade complementar que combine com a básica. Cores complementares são as que se encontram nas extremidades opostas do “círculo das cores”. Veja no exemplo acima, o amarelo e o roxo são complementares, assim como o laranja e o azul. As cores também podem ser combinadas em tríades, com cores que ocupam o mesmo espaçamento no círculo. No exemplo acima, as cores verde, laranja e roxo são complementares entre si. 

3 - Se quiser obter efeitos excepcionais, opte por mais uma cor complementar ou decore o aposento em tom sobre tom (por exemplo, diversas nuances ou matizes). Também é possível escolher duas tonalidades complementares, mas elas devem estar próximas no espectro de cores.
4 - Cuidado ao combinar cores de intensidades distintas. Se colocarmos, por exemplo, cores fortes ao lado de tons pastel o olho terá de oscilar constantemente dos matizes claros para os escuros e vice-versa. Isso trará imediatamente uma inquietação visual, que pode ser transferida para a atmosfera do ambiente.

5 - Se optar por branco ou cinza-claro como tonalidade básica, a decoração suportará cores como o vermelho, o azul ou também o rosa. Utilize mantas, almofadas ou acessórios, como vasos de flores ou quadros, com essas cores.

6 - Se sentir insegurança na hora de escolher as cores, peça ajuda nas lojas do ramo. Assim, você evita uma decoração monótona ou exageradamente colorida
fonte:O melhor da sabedoria popular-Reader's Digest.

09/11/2011
10:59

Nenhum comentário: